Linux Boot: A start job is running for dev-disk-by

Leia isto "em cerca de 5 minutos".

Introdução

Esperar hoje em dia não é uma tarefa que agrada as pessoas, ainda mais se tratando de software. Pois bem, essa postagem vai te informar uma configuração errada que pode te deixar de “cabelos em pé” :triumph: e esperando meados 1m30s para o Linux sair do boot.

Muitas pessoas se preocupam muito com boot da máquina, até mesmo a Microsoft, que devo adimitir: “Fizeram um ótimo trabalho no Windows 8/10 se comparando com o Windows 7 na inicialização do boot”. Mas vamos falar de Linux aqui, ok?!

Existem vários fatores para seu Linux demorar no boot, por exemplo:

  • A grande quantidade de software e pacotes que se inicializa junta com o sistema…
  • … a falta de otimização do kernel deixando o boot sobrecarregado de modulos não utilizados…
  • … e até mesmo uma falta de reconhecimento de partição. Bingo! É disso que irei falar aqui: Partição com erro de reconhecimento.

Entendendo a mensagem

A start job is running for dev-disk-by(…)

Para o português: Um trabalho inicial está sendo executado para dev-disk-by(…).

Essa mensagem é acompanhada com um monte de letras e números onde está (…). As letras e números representam um UUID de uma determinada partição que está com problema para ser reconhecida, ou seja, você irá encontrar algo parecido como isso:

1 A start job is running for dev-disk-by\x2duuid-4aed3ea2\x2d5d85\x2d4bc2\x2d96e2\x2dabc6ad877640.device (44s / 1min 30s)

A única diferença, é que os números e letras irá mudar no seu caso, porém, vai ser exatamente parecido com isso, com uma contagem crescente no final e demorada, e enjoativa :sweat: .

Decifrando a numeração

Se você observou bem a estrutura da numeração da mensagem, vai perceber que não são todos os números e letras que representa o UUID da partição.

Observe o conteúdo de todas essas letras e numeros do UUID:

1  \x2duuid-4aed3ea2\x2d5d85\x2d4bc2\x2d96e2\x2dabc6ad877640.device

Repare que o “x2d” está sendo repetido em cada bloco, e se você eliminar o “x2d”, deixando a estrutura assim:

1  \uuid-4aed3ea2\5d85\4bc2\96e2\abc6ad877640.device

Elimine o “\uuid”.

Se observa agora que com a eliminação dos “x2d”, você terá o UUID separado por casas através de barras, só que por padrão, as casas do UUID nas partições, é separado por “traços”, dessa forma:

1 4aed3ea2-5d85-4bc2-96e2-abc6ad877640

Pronto! Numeração do UUID decifrada. Esse pode ser o “danado” que causa problema de inicialiação.

Mas como saber que esse UUID dessa partição existe ou não?

A primeira coisa a se fazer é listar os UUID das partição que você tem em sua máquina, com o comando lsblk -f. Assim:

Listando os UUID das partições

1 $ lsblk -f

Repare na saída, não tem nenhum UUID igual ao decifrado (4aed3ea2-5d85-4bc2-96e2-abc6ad877640).

Aí tu se pergunta:

Mas por que no boot ele está sendo mostrado?

Para ter essa resposta, dê uma olhada no arquivo /etc/fstab.

Obs: O /etc/fstab é responsável por iniciar(ou não) as partições e outros dispositivos na inicialização durante o boot.

Verificando o /etc/fstab

1 $ cat /etc/fstab

Xeque-Mate! Repare que o 4aed3ea2-5d85-4bc2-96e2-abc6ad877640, está configurado para a partição SWAP, porém na saída do comando lsblk -f, o UUID do SWAP não é este que está no arquivo /etc/fstab.

Por isso que o boot da máquina pode estar demorando, por tentar reconhecer a partição SWAP sendo que o UUID da mesma não estava configurado corretamente no arquivo /etc/fstab.

Agora coloque o UUID verdadeiro da partição swap no /etc/fstab, deixando assim:

1 UUID=035b2802-752a-45b6-a87c-c4d466cdf53d none            swap    sw              0       0

No próximo boot, a mensagem A start job is running for dev-disk-by()
não irá te encomodar mais.

Dica

Tirando o Splash do Ubuntu

Se você usa Ubuntu (ou até mesmo outras que tenha Splash na inicialização), por padrão, não irá mostrar o que esta sendo inicializado (modo verbose). Caso queira desabilitar o Splash de boot do Ubuntu (15.04). Faça:

Abra o arquivo /etc/default/grub com um editor preferido.

1 $ nano /etc/default/grub

Altere a linha …

1 GRUB_CMDLINE_LINUX_DEFAULT="quiet splash"

… para

1 GRUB_CMDLINE_LINUX_DEFAULT="quiet"

e salve e execute o comando abaixo:

1 $ sudo update-grub

Na próxima inicialização do Ubuntu ele irá mostrar tudo que esta sendo carregado (modo verbose). Caso queira voltar como estava, faça o inverso, acrescente a palavra “splash” e atualize o Grub novamente.

Nota: Agora, se não quer dar o trabalho de fazer a configuração no Grub, simplesmente aperte a tecla F11 quando o Splash do Ubuntu aparecer, que verá o modo verbose do mesmo jeito.

Conclusão

Por que isso acontece?
No meu caso, eu tinha instalado outra distribuição Linux e configurado a minha SWAP para essa outra distro, o que resultou na mudança de UUID. Fique esperto em fazer essas configurações também.

Espero que esse tutorial possa te ajudar se tiver esse problema. Até a próxima galera! :)


A Palavra:

"De tudo que foi dito, a conclusão é esta: tema a Deus e obedeça aos seus mandamentos porque foi para isso que fomos criados. Nós teremos de prestar contas a Deus de tudo o que fizemos e até daquilo que fizermos em segredo, seja bem ou o mal."
(Eclesiastes 12:13-14 NTLH)

Deixe seu comentário